sexta-feira, 21 de abril de 2017

5 formas saudáveis para se livrar da raiva e se sentir mais leve


Ser uma pessoa zen e espiritualizada é maravilhoso, mas não podemos esquecer que estamos na condição humana e como humanos sentimos raiva de pessoas e situações muitas vezes.
Existem maneiras saudáveis e inusitadas  de colocar a raiva pra fora que são comuns e recomendadas por terapeutas.
Em alguns países como Japão, Estados Unidos, Alemanha para tratar a raiva e o estresse de forma saudável, muitos terapeutas fazem algumas recomendações inusitadas para tratar esse mal. 
Estas técnicas visam aliviar tensões e descarregar sentimentos reprimidos que prejudicam a saúde e causam doenças psicossomáticas
No Japão por exemplo, existem locais onde as pessoas pagam para quebrar objetos. São ambientes preparados que simulam uma sala comum cheia de objetos, como vasos, porta retratos, copos, e todo tipo de objeto quebrável. O paciente paga uma quantia determinada e podem virar a mesa, jogar vasos na parede, extravasar a raiva e sair renovado e aliviado.
Nos Estados Unidos muitos terapeutas possuem almofadas grandes nos consultórios em forma de cotonetes para que seus clientes possam socar e bater colocando assim os sentimentos reprimidos pra fora. Aqui no Brasil essas técnicas não são muito utilizadas, ainda temos barreiras a romper nesse quesito.
A raiva contida causa graves problemas de saúde, entre os mais comuns estão a gastrite e problemas no aparelho digestivo, pois ela se manifesta com o desequilíbrio do chacra plexo solar, principal centro de energia ligado ao aparelho digestivo. Obesidade e transtornos alimentares também podem se manifestar quando a raiva está contida.
Deixo aqui pra você que anda com raiva, vontade de explodir e jogar tudo pro alto, algumas dicas para você aliviar tudo isso de forma saudável.

1- Praticar esportes de combate
Essa é uma forma saudável de se desfazer de amarras emocionais. Dar uns socos em um saco de areia ou espuma pode ser muito relaxante e revigorante.
Enfrentar seus medos e fobias com esportes radicais também ajudam a extravasar sentimentos negativos.





2- Meditar

Meditar nos ajuda a acalmar a mente, ter a percepção de como realmente estamos por dentro e encontrar soluções para sair de situações desgastantes.

3- Presentear a si mesmo

A maioria de nós acaba pensando sempre mais no afazeres, na família, nas contas e em todos os problemas que precisamos resolver. Quanto de você sobra no fim de cada dia?
Comprar algo que você realmente quer, para uso pessoal é necessário também. Pequenos carinhos com nós mesmos não significa que somos egoístas, mas que simplesmente estamos cuidando do nosso bem estar emocional.

4 - Romper vínculo emocional com pessoas tóxicas

Muitas vezes insistimos em querer mudar o outro, ou fazer o outro enxergar o mundo da maneira que achamos correto. Isso desgasta e é inútil. Aprenda a aceitar que cada um tem seu próprio caminho a seguir e você precisa seguir o seu.

5 - Fazer terapia

Ajuda profissional é sempre uma boa ideia quando o estresse e a raiva estão saindo do controle. O campo energético fica totalmente poluído e isso acaba se transformando em doenças.

Nunca deixe de buscar melhorias para sua vida, afinal ela é sua maior responsabilidade!

Que Deus te abençoe sempre!

Caso queira ajuda profissional não deixe de contatar

Terapia via Skype, aproveite pacotes promocionais nesse mês.




















Como parar de alimentar Obsessores e sentimentos negativos!

Engana-se quem acha que quem alimenta o obsessor é só o viciado em drogas, álcool, violência, tristeza e mágoas.
Quando você olha no espelho você se ama ou olha só para as rugas, gorduras, estrias, careca e demais defeitinhos?
Não respeitar a si mesmo, não gostar da imagem que vê no espelho, autodepreciação, também é uma forma de atrair energias maléficas.
Toda vez que atentamos contra nossa saúde, não cuidamos de nossas dores, engolimos situações por falta de confiança em nós mesmos e em nossa capacidade de resolver problemas e sermos felizes, estamos atraindo obsessores.
Desconfiar excessivamente das pessoas, achar que todos querem o seu mal, tratar pessoas que não conhece como inimigas certamente é um comportamento doentio que deve ser tratado com ajuda de um terapeuta.
Grande parte dos problemas de nossas vidas são causados por traumas passados e reações pessimistas e defensivas diante da vida atual.
É preciso saber analisar problemas com uma visão positiva, sem desespero. A vida é uma eterna resolução de problemas e conflitos e precisamos saber lidar com isso no nosso dia a dia, sem que o desespero tome conta, pois o desespero contamina nossa mente e atrai a negatividade
Ao vibrarmos em sintonia de revolta, desesperança, descrença, raiva e vingança, atraímos tudo que está na mesma sintonia, e é aí que nossas mentes começam a ser manipuladas por obsessores.
Como saber quando estamos sendo manipulados?

1 - Preste atenção aos seus sentimentos

Você se sente injustiçado? Acha que seus direitos devem ser adquiridos por meio de brigas, gritos e ameaças? Se sente menos que outras pessoas e acha que jamais seria capaz de prosperar abundantemente e ser bem sucedido?
Tome cuidado com isso, cada ser humano é dotado de habilidades únicas, e todos são capazes por natureza de seguirem um caminho de sucesso. Porém a grande maioria se deixa pisar por sentimentos negativos e acredita que jamais conseguirá realizar algo significativo em suas vidas. Se contentam em apenas pagar contas e sobreviver da forma que for possível.

2- Não fique preso a dores do passado
A tristeza é um vício!
Uma perda dolorosa, uma violência sofrida, uma dificuldade que persiste muitas vezes nos fazem prisioneiros. Quando o problema é resolvido, o tempo passa e a porta da prisão se abre, porém já nos apegamos ao sequestrador de nossa vontade de viver. Quem está passando por esse processo de dor dificilmente aceita ajuda para sair do sofrimento. Prefere chorar e usar como desculpa para não voltar para a vida, pois sente medo de sofrer novamente, por isso é melhor ficar preso a um sofrimento conhecido. É assim que a vida passa e o tempo de viver é simplesmente perdido.




3 - Diga não ao vitimismo!

Procure entender que o que aconteceu com você, acontece todos os dias em todas as partes do mundo. Procure sua religião e certamente encontrará respostas que confortarão seu coração. Não jogue suas necessidades emocionais e carências nas pessoas que estão próximas a você, pois cada ser humano tem suas batalhas individuais e às vezes são mais pesadas que as suas, porém possuem uma visão diferente da vida. Por isso aparentemente parecem estar bem. Mas na realidade, pessoas que estão bem apenas aprenderam a se responsabilizar pelos seus sonhos, e suas necessidades.
Ao compreendermos que nossa felicidade está em nossas mãos, e não no comportamento alheio, em relacionamentos conflituosos ou em coisas que não temos o poder de controlar, tudo começa a fluir positivamente em nossas vidas.
Pense nisso!



Que Deus te abençoe sempre!

Luciana Lara

Faça terapia holística, abandone a negatividade e assuma seu poder pessoal.
contato: terapiaebanhos@gmail.com


Ao compartilhar as matérias do blog, favor manter a autoria.

Popular Posts

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *